Página Inicial / Clássicos / Novo Opala: O clássico será relançado?

Novo Opala: O clássico será relançado?

O Opala é um dos modelos mais famosos da história da indústria automotiva. Lançado pela Chevrolet em 1968, ele seguiu sendo produzido até 1992, quando foi encerrado e deu lugar a novos modelos. Desde então, tornou-se ícone entre os colecionadores e um dos mais badalados do mercado, fazendo com o Maverick uma das grandes duplas dos clássicos absolutos. Na internet, diversas postagens vem afirmando que o Novo Opala pode ser lançado.

Novo Opala – mito ou verdade?

Alguns modelos clássicos, como o Impala, voltaram a ser produzidos, enquanto outros nunca saíram de linha. Curiosamente, um dos mais famosos, o Opala, após 1992, não ganhou nenhuma edição especial e nenhum indício indicou uma possível volta.

A verdade é que o Opala 2017 não deve ser produzido, assim como o Opala 2016 não passou de um boato. A tendência é que a Chevrolet não volte a trabalhar com o histórico veículo, portanto reduzindo as possibilidades de um novo Opala.

Novo OpalaHistória do Opala

Ícone de potência, beleza e poder, o Opala surgiu do projeto 676, sendo concluído em 1962. O desenvolvimento durou 2 anos e teve inspiração direta no Opel Rekord e Opel Commodore. A mecânica seguia a linha do Impala, modelo semelhante.

Sua principal fábrica no Brasil ficava no estado de São Paulo, na cidade de São Caetano do Sul. As versões do Opala são: Standard, Luxo, Gran Luxo, SS, Caravan, Comodoro, Diplomata e Collectors.

Opala, a paixão dos colecionadores

Nos encontros de carros antigos, um dos principais veículos é o Opala. O modelo SS, um dos mais conhecidos, é presença constante, seja em versões originais ou em carros modificados. Alguns colecionadores preferem acrescentar potência e fazer retoques em alguns partes, enquanto outros preferem conservar o carro em sua projeção original.

Novo OpalaNovo Maverick

Paralelamente, também fala-se sobre a possibilidade do Ford Maverick voltar em 2017. O projeto do Maverick 2017 é outro mito criado na internet. Tanto o Opala quanto o Maverick parecem estar fora dos planos de suas empresas. Caso um dos dois volte, pode ser o incentivo certo para que proporcione esse retorno conjunto.

Enquanto os carros não aparecem novamente nas linhas produtivas, os colecionadores aproveitam para fazerem as restaurações e manterem seus modelos o mais original possível. Corridas e arrancadões também servem para colocar essas potências de volta a pista.

Opala e Maverick: o que houve?

O principal fator para a saída desta dupla do mercado, foi a mudança dos objetivos dos consumidores. Atualmente, os carros oferecem conforto e segurança, enquanto com esses clássicos, a potência vinha em primeiro plano, seguido de beleza e outros fatores que transmitiam poder através dos carros.

Com a mudança gradativa da procura do público, esses carros foram sendo moldados até o momento em que era necessário revitalizar os projetos e apostar em outra frota. Provavelmente, o público consumidor foi peça fundamental na decisão de parar as produções.

E você, gostaria de ver um novo Opala? Acha que o carro seria adequado para a era moderna ou sua história já foi completa? Use o espaço dos comentários para deixar suas opiniões e memórias do clássico veículo, que ainda é cultuado por colecionadores e fãs.

Acompanhe a Automotiva no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *