Página Inicial / Carros / 9 dicas para comprar carros usados e garantir uma boa compra

9 dicas para comprar carros usados e garantir uma boa compra

O mercado de veículos é um dos mais ativos do Brasil. Diariamente, milhares de brasileiros saem de casa para avaliar e comprar carros usados. O que é para ser um dos momentos mais legais da vida do trabalhador, pode acabar tornando-se uma verdadeira dor de cabeça, por isso é importante seguir algumas dicas básicas para que você faça uma boa avaliação e posteriormente não tenha surpresas com o veículo.

Elaboramos uma lista com 9 dicas para quem vai comprar um carro usado. Todas as dicas são de fácil aplicação e fundamentais para uma boa escolha. Mesmo que o vendedor seja de sua confiança ou seu conhecido, não tenha vergonha de fazer uma boa averiguação, afinal, amigos, amigos, negócios à parte.

Dicas para comprar carros usados

Após sair da loja e rodar com o primeiro dono, o carro já é considerado usado. Após esse momento, o tempo (quantidade de km rodados) e a maneira como o carro é utilizado, influenciarão totalmente o futuro preço e condições de venda.

1 – Vistoria básica

O primeiro detalhe é fazer uma vistoria básica. Pegue a documentação do carro, faça uma pesquisa, avalie questões como multas e o histórico do veículo. Tome cuidado com veículos que já foram de seguradoras, pois estes carros costumam ter menor valor de mercado. Veículos que também já foram táxis (caso mais raro) podem ser difíceis em uma futura venda.

2 – Mecânico de confiança

Por mais que você entenda da mecânica,não deixe de levar o veículo em um profissional de confiança. Peça para que o mecânico erga o carro e avalie todos os detalhes. Avaliações visuais são comuns, porém não costumam ser efetivas. Exija um teste detalhado e ainda faça uma pequena volta pelo bairro com o mecânico como motorista.

comprar carros usados3 – Teste o carro

Andar com o carro é ideal para a escolha. Não fique restrito apenas a questões visuais. Faça um bom trajeto na sua cidade, use bastante o freio, passe em lombadas, faça algumas curvas com maior angulação, enfim, exponha o carro a situações que vão aparecer no cotidiano.

Sinta o carro, verifique vibrações durante o trajeto. Tente dirigir outro modelo semelhante e faça a comparação para avaliar o estado de conservação.

4 – Histórico de batidas

Essa é uma investigação mais difícil de ser feita. Apenas profissionais da área conseguirão fazer a avaliação. O alinhamento das peças, diferenças na pintura e detalhes, como parafusos, costumam revelar essas situações. Para avaliar isso, apenas consultando alguém do ramo.

5 – Teste elétrico

A parte elétrica costuma ser um tanto quanto ignorada no momento da compra de um carro usado. Não cometa esse erro, sempre que for comprar carros usados, faça uma verificação. Caso seu mecânico entenda de elétrica, solicite a verificação. Caso contrário, leve o carro em um eletricista.

É muito importante avaliar a bateria e questões ligadas ao motor de arranque. Outro detalhe é de que tudo que aparece no painel do veículo, como informações sobre o nível do olho, tem ligação com os cuidados elétricos. Portanto, não deixe de fazer uma vistoria na elétrica do carro.

Já pensou ficar sem bateria ou não conseguir dar a partida no veículo? Pois é, ninguém quer passar por isso.

6 – Vendedor particular x loja

São duas situações comuns na hora de comprar carros usados. Durante o período de pesquisa você encontrará carros em lojas e também em vendas direta com o proprietário. Teoricamente, você tem mais garantias quanto a loja, principalmente em problemas posteriores a compra. No entanto, como estamos no Brasil, é importante evitar isso, pois na prática é sempre mais complicado.

Os vendedores das lojas tendem a saber utilizar táticas de venda e conseguem mascarar melhor os pontos fracos. Natural, todos fazemos isso durante uma venda. Então fique atento e faça vistorias em locais que não tenham ligação com a loja.

Quando a compra for direta com o proprietário, tenha mais calma. Faça diversas avaliações e não seja afobado para a finalização do negócio.

7 – Tenha calma

Esse é justamente um dos tópicos mais importantes. Por ser a realização de um sonho, a compra de um carro, seja ele novo ou usado, é sempre um momento de muita alegria e que pode acabar atrapalhando na racionalidade da negociação.

Principalmente com carros usados, tenha calma em fazer a escolha. Faça muitas pesquisas, compare valores e aproveite a possibilidade de negociações. Não deixe de tentar alcançar um valor melhor.

8 – Vazamentos de óleo

Isso deve ser avaliado pelo mecânico, no entanto merece um tópico especial. Se o motor é o coração do carro, um vazamento de óleo não é um bom indício. Se o carro tem mancha de óleo, passe em uma lavação e peça para que ele seja lavado na região do vazamento. Após isso, leve para o mecânico investigar a origem e gravidade dessa situação.

9 – Outro detalhes

Avalie a quilometragem do carro. Quanto mais rodado, teoricamente, mais desgastado. Avalie também a condição dos pneus, freios e sistema de suspensão. Todos estes são itens que posteriormente podem apresentar problemas e realmente ser uma dor de cabeça.

Sempre peça a chave principal e a cópia, para evitar problemas de perda. Verifique se itens como as ferramentas, sinalização e step estão presente.

Com essas dicas, sua vida no momento de comprar carros usados será facilitada. Tem dúvidas? Quer compartilhar alguma história? Use os comentários!

Acompanhe a Automotiva no Facebook!

One comment

  1. Leandro Rodrigues da Silva

    Muito bom , eu achei que conhecia carro 😁😁 pois acabei de levar na cabeça com um gol na próxima vez vou seguir essas dicas .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *