Página Inicial / Clássicos / Chevrolet Opala: História e curiosidades do carro

Chevrolet Opala: História e curiosidades do carro

Nos anos 60, a General Motors, já uma empresa de relevância no Brasil, queria um carro com identidade nacional. A intenção era superar alguns modelos importados que tinham domínio do mercado. O projeto era tão importante, que inicialmente era chamado de “Projeto 676”.

A ideia começou em 1963, porém o lançamento ocorreu só em 1968. Após isso, a produção seguiu até 1992, passando por diferentes fases e marcando diversas gerações. Atualmente, muitos Opalas são itens de coleção e mantidos como relíquias por seus proprietários.

O conceito do Opala foi inspirado no Rekord, produzido pela Opel na Europa. O nome não tem referência direta com a “Opel”. A escolha foi em relação a pedra preciosa opala, que tem uma importante reserva no Brasil.

O surgimento do Opala

O Opala passou a ser conhecido no dia 19 de novembro de 1968, no Salão do Automóvel, em São Paulo. A versão escolhida foi a de carroceria sedã de quatro portas. Logo de cara chamou atenção pelas linhas robustas e pelo design arrojado.

A divulgação do Opala já vinha sendo feita antes mesmo do lançamento. Personalidades como Rivelino, Jair Rodrigues e Tonia Carreiro estrelavam os comerciais. Com 125cv, o primeiro modelo vinha equipado com um motor seis cilindros de 3,8 litros (em linha). Também havia a opção do quatro cilindros de 2,5 litros, que proporcionava 80cv.

No mercado, conseguia competir com o Ford Galaxie e Dodge Dart, principalmente no motor de seis cilindros.

Opala SSOpala nos anos 70

Os anos 70 começaram intensos para a GM. O Opala já havia comprovado ser um sucesso e a expansão era evidente. Em junho de 1970, o famoso Opala Cupê SS era lançado. Dois meses depois, era anunciada a marca de 50 mil unidades produzidas, algo muito relevante para época.

Após isso, em 1973 chegavam ao mercado o Opala SS (com motor de quatro cilindros e quatro portas) e o Opala Automático (esse vinha com opções em quatro e seis cilindros). O Opala SS com motor de seis cilindros chegou em 1971.

O ano de 1974 marcou o lançamento do Opala Caravan e da marca de 300 mil unidades no Brasil, evidenciando o sucesso do modelo. Ainda nos anos 70, foram lançados os Opalas 250-S, Caravan SS e Diplomata.

OpalaO Opala nos anos 80 e 90

Entre os anos 80 e 90, o Opala perdeu fôlego no mercado brasileiro. A modernização dos veículos e as demandas da sociedade fizeram com que outros modelos ganhassem espaço. Até o fim da produção, em 1992, algumas mudanças forem feitas, principalmente nas questões mecânicas do Opala.

Em abril de 1992 foi anunciado o fim do Opala e já em setembro chegou ao mercado o Omega, uma espécie de substituto moderno do antigo e tradicional carro brasileiro.

O Opala de Juscelino Kubitschek

O carro também estava presente em um dos momentos mais emblemáticos da história recente do Brasil. Juscelino Kubitschek morreu em um acidente na Rodovia Presidente Dutra. O Opala, que era conduzido por seu motorista, Geraldo Ribeiro, colidiu com um caminhão carregado de gesso. O local, atualmente, é conhecido como “Curva do JK”.

Novo Opala? Opala 2017? Opala 2018?

Nas redes sociais, internautas especulam sobre um possível novo Opala. Entre os tópicos de destaque estão o Opala 2017 e o Opala 2018, modelos que estariam sendo produzidos pela Chevrolet. Na verdade, não há informações conclusivas sobre o assunto.

Nenhuma fonte oficial ou indício concreto da volta do Opala foi divulgado. Alguns desenhos, feitos por fãs, mostram como seria a suposta “nova versão do Opala”. Na verdade, a tendência é que o modelo seja preservado e não volte tão cedo para a produção.

Enquanto isso, mantenha na memória boas imagens do Opala!

Acompanhe a Automotiva no Facebook!

3 comments

  1. Cláudio Luiz de Oliveira Martins

    Fantásticas abordagens. Muito bem elaboradas, trazendo de volta o que vivemos, no mundo do automóvel daqueles dias. Oportuna e necessária história. Congratulações aos editores e pesquisadores.

  2. Boa. Tarde meu. Nome. Wilson eu já dive cinco opalas atualmente tenho um ano 79 ewu amo. Este carro

  3. Eu já tive 3 Sincas ate hoje o melhor carro que dirigi hoje tenho 67 anos já tive diversos carros e nenhum e igual ao sinca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *